Arquivos do Blog

Rick


Imagem

Rick não sabia qual era o seu lugar

Em seu lugar, muita gente seria feliz

Acima de qualquer padrão

Mas felicidade parecia ser uma linguagem

Difícil demais para quem escolheu a escuridão

 

Na faculdade se entregou aos bares

E nas noites mais exageradas

Fez o seu lar e construiu uma ilusão

Se iludiu achando que era pra sempre

Sempre achou que tinha descoberto algo maior

Mas na maior parte do tempo apenas sonhou

 

Os pesadelos de Rick ainda o acordam de madrugada

Não mais tão jovem, ainda madruga procurando

Respostas que jamais vai encontrar

Se pergunta até hoje por quê é diferente

Mesmo sabendo que não faz mais diferença

Naquelas noites nas quais costumava acreditar

Abre Los Ojos


Abra os olhos, e sinta-se
Em um mundo onde
Não há inimigos

Caminhe, esse horizonte
Também pode não ter fim
Mas esteja certo que em
Algum lugar você vai chegar

Sorria, o Sol é forte o suficiente
Para secar essas velhas lágrimas
Que insistem em ficar

Jogue fora essas
Lembranças ruins,
Elas vão estragar a tua vida

Esqueça o que as pessoas
Dizem para te controlar,
Apenas você pode fazer isso
Comece a pensar

Faça o que tiver vontade
De fazer,
Se ninguém te acompanhar,
Faça sozinho,
Você tem poder

Olhe para mim, e diga
Que é a melhor visão que já teve
Que poderia voar
Que vai amar!
Mesmo morrendo de tanto sonhar

Feche os olhos, nem que seja para sempre
Mas antes diga as palavras
Que eu quero ouvir
E que possa sentir
O quanto elas são verdadeiras

by Diego Z.

* É, mesmo nome do filme que posteriormente foi regravado como Vanilla Sky. É meio que baseado nele, umdos poemas mais felizes já escritos.

Pôr do Sol


Luz forte pela janela
E raiva por ter que
Trabalhar novamente
É hora de levantar
E encarar as mesmas pessoas
Que você finge gostar

Eu pensava que aos
Quarenta a vida já teria
Algum sentido
Mas é engraçado
Que ao olhar no espelho
Você não vê nenhum
Homem de sucesso
O adulto que venceu
O progresso…
É a mesma criança
De algumas décadas
Que costumava brincar
Agora com rugas
E sem esperança
De que algo ainda
Vá mudar

Em uma das escolhas
Decidi ficar sozinho
E isso com vinte anos
Naquela época parecia
Ser legal
Uma mente adolescente
Sempre radical
Eu compraria uma moto
E teria o mundo

Hoje, os sonhos
Ficaram diferentes
Tudo o que eu queria
Era alguém para conversar
Um ombro pra chorar
Nem que fosse por
Um segundo

by Diego Z.

Pra quando você perceber que as coisas continuam relativamente as mesmas, mas você está mais velho, e um pouco mais triste…