Ninguém mais está presente

A consciência se esvai

Assim que você encara outra perda

Outro golpe que não dá

Para esquecer nunca mais

 

O horizonte fica um

Pouco mais turvo

Quando o melhor amigo

Já não faz tanto sentido

E aquela rua deformada

Torna-se a única estrada

Que oferece uma saída

 

É complicado dizer

Mesmo se alguém perguntar

Como é que de repente

Tudo se perdeu

Você não saberá o que falar

Não há respostas olhando para trás

 

Você procura novamente

Coisas irreais, inexistentes

Já não sabe mais se de fato

Perdeu a lucidez

Ou está apenas inconsciente

Anúncios

Publicado em 08/04/2014, em Sem categoria. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: