Lágrimas e Névoa – Parte 2/8


13 de Agosto

Não sei se faz muito sentido procurar nomes ou razões. Às vezes acho que vivo no inferno, eis uma palavra que eu costumava usar para a minha vida, mas agora percebo que eu não sabia de nada. Por muito tempo me achei o senhor da razão e superior a todo mundo. Mas depois que vim parar aqui, descobri que talvez eu seja o rei dos idiotas. Nada parece acontecer por acaso. Meus medos tornaram-se reais, e sinto que podem me matar se eu não fugir.
Freqüentemente tenho vontade de chorar, é estranho como fico lembrando do passado e até as coisas felizes parecem me deixar mal. Também não consigo lembrar o porquê de eu ter vindo parar aqui. Apesar de sufocante e terrível, de algum modo não tenho vontade de ir embora. Me sinto melhor do que em casa.

Anúncios

Publicado em 20/09/2011, em Contos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: