Passos sozinhos em noites estreladas


E aconteceu de você ir ao bar
E ironicamente ter se apaixonado.
Dado carona para a morte
Porque foi seduzido pelo
Seu olhar narcótico
Enquanto virava outro copo sujo
Daquele destilado barato.

O gesto bonito
De uma moça pálida
E um tanto sem vida.
Planos contra o seu próprio futuro
Que você gosta de ouvir,
E até acredita.

Amanhã você acorda
Com o humor alterado.
Não costuma falar com a família,
Muitos menos com
A mulher invisível acorda
Todos os dias ao seu lado.

A noite vai chegar
Mais uma vez, talvez
Não erre o alvo.

Anúncios

Publicado em 12/09/2011, em Poemas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Darkest Fan

    Continue sempre escrevendo esses poemas cara, você manda muito bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: