Formas da vida


Em algum dia
Absurdamente comum
Alguém sem muita paciência para coisas bonitas
Sonhará, ou talvez até encontre
A vida em um formato um tanto incomum

É bem provável que esse alguém
Que pode ser você
Ou aquele cara que passou apressado
Não entenda porque tanta coisa
Parece nunca se encaixar

Eu peço calma
Para todos os que
Diariamente acordam
Com aqueles pensamentos esquisitos
Você não está louco
Só procura algo de verdade
Em que possa se agarrar

Nos últimos dias tenho acreditado
Que a melhor conversa que vou ter
Será com algum desconhecido
Que talvez nunca seja meu amigo

Pessoas estranhas podem
Salvar-nos de nós mesmos
Aprendi que isso é verdade
Mesmo custando a acreditar

Anúncios

Publicado em 20/07/2011, em Poemas e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Parabens muito boa

    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: