Não tire a ilusão dos garotos de rua


Não tire a ilusão
Dos garotos de rua
Essa é a única mãe
Verdadeira que eles podem abraçar

Outro dia eu vi
Um garoto que devia ter
Uns quarenta e cinco anos
Ele já fazia parte
Das paredes arrogantes de vidro
Que aquele hotel cinco estrelas
Adorava ostentar

Ele se perguntava
O que tinha feito de errado
Mas sabia que a resposta
Tinha medo de se aproximar

Anúncios

Publicado em 05/04/2011, em Poemas. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: