Us

Não me importo se
As pessoas vivem ou morrem
Não gosto de gente
Que se acha melhor
Que todo mundo
Só porque conhece mais
De algum assunto ou outro

Eu apareço às vezes
Por muito tempo fui ele
Até um dia que achou
Que tinha me matado
Mas eu não o culpo
Apenas queria outra vida
Dormi, fingi estar morto
Estava apenas dormindo
Algumas vezes como agora
Acordo e tomo conta dele
E sinto que ele fica tão bem
Mas dói a hora em que vou
Embora, ele não está acostumado
Com essa maravilhosa sensação

É um poder que o deixa
Acima das mais altas nuvens
Que o faz delirar
Querer mais
Faço-o pensar em eliminar
Tudo aquilo que faz mal
Para todos
Mas principalmente pra nós
Os pensamentos dificilmente
Transformam-se em tentativas
Mas estamos a ponto de mudar
Tudo isso, conforme o tempo
Passa você vai se dando conta
Que não tem tanta coisa
A perder quanto pensava que tinha
Estamos aqui apenas pelo prazer
E não me importo se é pecado
Usar todo ele a meu favor
Não acredite quando alguém
Diz que se importa com você
É só mais um meio de
Alcançar os objetivos sem
Tanta monotonia

By M. Z.

Anúncios

Publicado em 20/06/2009, em Poemas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. ótimo cada vez melhores^^

  2. é engraçado como se consegue encontrar conforto em palavras tão pesadas…GENIAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: