Perdido

Perdido
De repente é assim que me sinto
Olhando aquelas fotos esquecidas
Tentando reviver aqueles momentos
Que eu sei que não vão voltar
E dou voltas em volta da casa
Procurando o que mudou
Ou seria algo que não tenha mudado?

Dizem que se você tem poucos amigos
É porque escolheu os verdadeiros
E um dia sem avisar eles também se vão
Eles tem o seu próprio mundo para continuar
Fica difícil sabe
Quando não há mais no que se apoiar
Quando você tenta parar de pensar para não piorar
Quando você quer consertar as coisas
E não tem nem como começar

by Diego Z.

Anúncios

Publicado em 27/05/2009, em Poemas e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. É isso aí Diego! Bom trabalho, seus poemas são muito bons!

  2. caramba se esses poemas são baseados na sua vida. você tem uma vida igual a minha 😦

  3. Esse foi um dos primeiros poemas dele que eu li…nunca me esqueço…muito bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: