Vou me arruinar

Vou me arruinar
Estragar todas as coisas
Que pareciam valer apena
É preciso perder mais uma vez
Para ter certeza de que há
Algo além do fundo do poço
O que você quer sentir agora?
O que você quer sentir agora?
Dor?
Desprezo?
Humilhação?
Um pouco de cada é suficiente
Só não se esqueça de pedir para
Os meus amigos me traírem novamente
As garrafas de vinho se quebraram
E eu não posso nem me mexer

Você vai sair hoje à noite?
Você nem imagina quem vai estar lá
Todas aquelas pessoas que
Sorriem e te fazem sofrer
Não perca essa chance
É mais uma oportunidade pra você ficar mal
Não conseguir nem falar
E ficar dando voltas imaginando
Que a qualquer momento
Vai ficar pior

Se você quiser nós podemos conversar
Sobre o gosto da bebida
Pode ser sobre seus amigos
Ou porque você está sempre fugindo
Pode ir se divertir
Saia devagar e finja que vai há algum lugar
Comente o quanto sou idiota
E que pareço um anormal
Quando passar por mim
Sorria ironicamente para me humilhar
Beije meu inimigo
Eu consegui
Agora não tem como ficar pior

by Diego Z.

* Os notívagos frustrados certamente se identificarão com isso.

Anúncios

Publicado em 27/04/2009, em Poemas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. cara,muito foda seu blog,intrigantes os seus poemas,eu considero isso um dom,mais que uma arte,parabens’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: