Quando a noite chegar

Quando a noite chegar
Quero ir sozinho para o campo vazio
E esperar ansiosamente pelos meus amigos de fora
Acabo caindo nos sonhos depois de um tempo
Vou tentar não dormir dessa vez

Quando a noite chegar
Esquecerei dessas pessoas
Que praticam a decepção todos os dias
Não tenho que dizer aonde vou
Preciso apenas ficar um pouco lá fora
Pensando em como tudo será
Quando meus amigos chegarem

Às vezes não consigo entender
O porquê de tantos dias ruins
Leio alguns poemas;
Críticas construtivas;
Como ser feliz em dez lições;
Acho que isso é coisa do passado
Quando todos acreditavam
Que foram escolhidos para mudar tudo
Nem quero mais pensar
Nas falsas verdades que eles encontraram

Hoje quero esperar os meus amigos chegarem
Mas não acredito que eles gostarão desse lugar
Eles estão acostumados com estrelas de luz própria
E a gostarem uns dos outros…

Por isso já arrumei as malas
E comprei um kit de viagem,
Há uma carta na minha mesa
Com poucas linhas, uma breve mensagem
Espero que meu cachorro entenda
Volto para pegá-lo
Talvez eu não sinta falta daqui

by Diego Z.

*Para aqueles que acreditam que são, serão ou foram salvos por alienígenas. Apenas isso.

Anúncios

Publicado em 12/04/2009, em Poemas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Christian Roberto

    Muito obrigado!
    Eu procurei por anos esse poema novamente e nunca mais o tinha visto. Lembro de quando ele foi lançado na capa da comunidade Silent Hill: O paraíso é aqui. Obrigado por reabrir o darkestdreams.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: