O mundo particular

Hypnos e Thanatos, por John William Waterhouse.

Hypnos(sono) e Thanatos(morte), por John William Waterhouse.

Hipnos (o sono) viveu no palácio construído dentro de uma caverna grande no oeste distante, onde o sol nunca chegou, porque ninguém tinha um galo que acordasse o mundo, nem gansos ou cães, de modo que Hipnos viveu sempre em tranquilidade, em paz e silêncio.

Do outro lado de todo este lugar peculiar passava Lete, o rio do esquecimento, e nas margens, outras plantas cresciam aquele junto com colaborando com murmuro liso de águas limpidas do rio a dormir. No meio do palácio estava uma cama bonita, cercada pelas cortinas pretas em que Hipnos descansou em penas macias com um sonho calmo flagelado das histórias. Seu filho, Morfeu tomou cuidado de que ninguém o acordasse.

*De fato há dias em que nem deveriamos acordar. Aqueles dias onde tudo da errado, você não tá afim de conversar e parece que tudo acontece contra nossa vontade. Sonhar é o único modo que temos de viver em nosso próprio mundo, onde o tempo é diferente, as coisas são mais bonitas. Será que quando morremos, estaremos nesse mundo tão maravilhoso? Talvez daí tenha surgido a idéia de paraíso…

Anúncios

Publicado em 10/04/2009, em Palavras e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. maravilhosooo *-* você escreve muito bem você fala de alma… você não é apenas mais um… vocÊ não existi você vive… mesmoque as evzes é tão cansado acorda vocêé duro! eu realmente tenho carinho enorme por você…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: